Ative o Javascript em seu navegador para visualizar o site corretamente. Facebook noscript

Saiba como escolher o roteador ideal para você

Saiba como escolher o roteador ideal para você

Qual é o critério que você usa quando vai escolher um roteador? O mais barato ou o com melhor custo-benefício? Sabe o que faz um roteador ser ideal para determinado tipo de consumo?

O acesso à internet depende de várias etapas que influenciam diretamente na qualidade da conexão. Dentre elas, os cabos, o roteador e o dispositivo que está ligado a ele.

Veja o papel que esse equipamento tem para a sua internet e saiba escolher um roteador ideal para o seu perfil!

A importância do roteador para a sua conexão

A essa altura, com a transformação digital avançada como está, todo mundo sabe o que é uma rede wi-fi, não é mesmo?

Ou, pelo menos, quase todo mundo. Mas o que muita gente ainda não sabe é que não é só a escolha de um plano de banda larga veloz que garante uma ótima conexão.

Para ter uma boa internet, é preciso ter atenção com a qualidade do roteador, o qual precisa oferecer uma conexão que seja estável para que não ocorra perda de sinal; que garanta a velocidade da conexão, para que você não limite o desempenho da sua internet; e, finalmente, seja resistente a possíveis interferências.

O roteador é um dispositivo que facilita de maneira significativa a configuração da rede, organizando como os dados vão trafegar pela rede.

O que observar na hora de escolher um roteador

Existem características de roteadores que os diferenciam um do outro. Sem saber o que significa cada uma delas fica difícil ter certeza se o equipamento é de qualidade.

Portanto, vamos mostrar a seguir o que são essas características e o que cada uma delas oferece de diferencial para a conexão. Assim, você vai fazer uma ótima escolha quando for comprar um.

1. Padrão

Verifique o padrão utilizado pelo roteador. Há no mercado aparelhos compatíveis com os padrões IEEE 801.11 a, b, g e n, sendo que os dois primeiros são os mais modernos.

2. Conexão

Você deve concordar que há poucas coisas tão irritantes quanto uma conexão lenta, principalmente se você precisa realizar uma tarefa urgente.

Quando se tem muitas conexões e requisições de rede ao mesmo tempo, a transmissão de dados pode ficar muito lenta. Por isso, é essencial saber o número de conexões que um roteador suporta ao mesmo tempo.

3. Frequência

A frequência das redes wi-fi é um outro fator que permite tráfego de dados mais veloz. Na hora de escolher o roteador, você vai se deparar com aparelhos que possuem suporte para redes de 2.4GHz ou 5GHz.

A frequência de 2.4GHz é mais popular e mais barata, mas é indicado para quem usa a internet para funções “menos pesadas”. Para quem joga online e faz muitos downloads ela pode ser insuficiente.

Já a de 5GHz é ideal para quem precisa de uma capacidade maior para esse tipo de função, ainda que seja inferior em relação à segunda no aspecto alcance. Com isso, já há fabricantes oferecendo dispositivos com suporte para os dois padrões. O que é ainda melhor!

4. Antena

A antena não é uma mera figurante no roteador, ela garante transmissões mais, ou menos, limpas. Já existem roteadores com mais de uma antena, justamente para aumentar as taxas de transferência.

5. Funções diferenciadas

Além das características acima, há ainda roteadores com funções diferenciadas que podem facilitar ainda mais a utilização da rede. São elas:

  • portas USB;
  • controle parental para bloquear conteúdos impróprios;
  • QoS e Time Machine que potencializa o tráfego e permite que usuários da Apple façam backup, respectivamente.

A partir dessas instruções, você pode ficar mais confiante na hora de escolher um roteador. Mais importante que isso, você vai garantir uma compra verdadeiramente vantajosa.

Assine agora a nossa newsletter para receber outros conteúdos especiais como esse que vão ajudar você a ter uma conexão cada vez melhor!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *